quarta-feira, julho 06, 2011

O mito do leite reprocessado

   Alguém já deve ter ouvido falar do leite de caixinha que não é vendido volta para a fábrica para ser reprocessado e ainda que o número que aparece em baixo refere - se o número de vezes que isso ocorreu. Esses equívocos andou circulando pela internet por um tempo e era possível ouvir tal fato até mesmo em supermercados.

  Tal informação é definitivamente inviável primeiramente por ser algo caro para as empresas de leite, pois gastaria-se muito em ter que recolher todo o leite não vendido de todas as lojas, levá-los de volta às usinas de beneficiamento, abrir as caixas, reprocessá-los e ainda sim reembalá -los. 
  
  Segundo, O DIPOA (Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal) esclarece que o reprocessamento térmico do leite é proibido pelo Artigo 517 § 7º do Regulamento de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem (RIISPOA), aprovado pelo Decreto no 30.691 de 29 de março de 1952. 

   Por fim o reprocessamento do leite em caixinha tenderia a escurecer o produto, provocando uma "Caramelização", deixando o leite um pouquinho mais escuro que o leite normal.


   Já o número no fundo da caixa (que varia de 1 a 5) feito pelo fabricante Tetra Pak nada mais é o número da bobina no momento do corte da caixa.






  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...